Hábitos que sugam nossa energia e como matá-los - Escola de Skills.jpg

Hábitos que sugam nossa energia e como matá-los

É normal termos hábitos ruins em nossas vidas, afinal ninguém é um super-herói. Porém, existem muitos hábitos que muitas vezes fazemos involuntariamente, mas que drenam muito nossa energia. 

No artigo de hoje eu vou listar 5 hábitos que sugam nossa energia e ajudar você a ir matando eles pouco a pouco. 

Caso você esteja sem tempo de ler, lá no final da página tem o podcast para você ouvir direto do Spotify!

1 – Pensar demais.

Esse hábito é um destruidor de futuros e principalmente de sonhos. Se você tem o hábito de pensar demais antes de fazer qualquer coisa, fique sabendo que é bem provável que você esteja fadado a não realizar grandes coisas em sua vida. 

Eu entendo que pensar é muito importante. Mas quando queremos colocar tudo no papel, calcular todos os riscos, etc… acabamos por não realizar as coisas. Por isso, pense menos e faça mais! Tenho certeza que é um ótimo jeito de redirecionar a sua energia. 

2 – Reclamar de tudo.

Eu tenho certeza que você convive ou já conviveu com uma pessoa que reclama de tudo. 

Saiba que se você tem o hábito de reclamar das coisas, é bem possível que sua energia esteja totalmente direcionada para isso. 

Pessoas que têm o hábito de reclamar muito nunca chegarão a lugar nenhum! Pois elas acabam vendo um problema e um motivo ruim em tudo que fazem. E além de se auto sabotarem, acabam por incomodar com negatividade todos em sua volta. 

Reclamar é normal do ser humano, mas tente se policiar! Às vezes você pode ser aquela pessoa reclamona e nem se dar conta disso. Faça um desafio para você mesmo e tente passar um dia todo sem reclamar de NADA. Tenho certeza que você vai se sentir muito melhor. 

3 – Querer agradar todo mundo.

Sabe quando você dá muita risada que sua bochecha chega a cansar? É basicamente isso que acontece com o seu emocional quando você tem o hábito de agradar todo mundo. 

Eu sofro demais com isso, confesso! E já me meti em cada enrascada que só Deus sabe por querer agradar todo mundo. 

O fato é que quando tentamos agradar todo mundo, precisamos saber exatamente o que cada pessoa espera de nós. E além do mais, temos que nos adequar a cada pessoa. Afinal, todos são diferentes. 

Mas fique tranquilo, se nem Jesus Cristo agradou a todos, você também não precisa. E as vezes é só chutando o pau da barraca mesmo. Lembre-se que há diferença entre sem empático e querer agradar a todos. 

Uma boa maneira de você começar a parar com essa busca por aprovação constante, é começar a sempre falar o que você pensa. Não tenha medo, as pessoas não vão te espancar por você ser verdadeiros com elas. E além do mais, fazendo isso a tendência é que a longo prazo na sua roda de amigos só permaneçam os verdadeiros. 

4 – Não ser uma pessoa objetiva.

Você conhece alguém que enrola para falar algo simples? Ou que explica em 30 min o que poderia ser explicado em apenas 5?

Eu particularmente conheço várias pessoas assim. O que elas não sabem é que esse hábito de são ser objetivo, suga a energia delas. 

Acontece que quando você não é objetivo, acaba sempre criando um contexto em tudo que você quer explicar. Porém, na maioria das vezes esse contexto não é necessário. E é na criação dessa “história” que você acaba se desgastando. 

Se você acaba pensando muito na hora de criar uma história para o que quer contar ou explicar, pode ter certeza que suas energias estão indo por água abaixo por causa disso. Ainda mais se você é do tipo que explica mais de uma vez a mesma coisa, na mesma frase mas de formas diferentes. 

A saída para isso é se policiar, preste atenção nas pessoas quando você conta algo. Se elas se dispersarem sempre que você fala, é um bom sinal que você não está sendo objetivo no que quer dizer. 

5 – Fingir que está sempre tudo bem.

Isso pode consumir sua energia de um forma que vai acabar com seu dia todo. Acontece que quando fingimos que está sempre tudo bem, ficamos sobrecarregados com nossos próprios pensamentos e sentimentos. 

Você não precisa ficar bem 100% do tempo, isso é impossível! 

Eu particularmente uso a técnica de 1h de tristeza. Pode parecer loucura, mas o que eu faço é o seguinte:

Quando uma coisa muito ruim acontece e eu fico triste, eu me permito ficar triste por apenas 1 hora! É isso mesmo, é 1 hora de tristeza, depois disso eu faço o máximo para voltar ao normal. É fácil? Não, longe disso, no começo é muito dificil. Mas conforme você vai se moldando, vai conseguindo controlar a sua tristeza. 

E na hora da tristeza eu me permito andar de cabeça baixa, ficar cabisbaixo e até chorar.

É claro que essa hora da tristeza não acontece recorrentemente e nem deve. Eu só a uso em casos extremos.

Essa técnica que eu citei acima me ajuda muito a não fingir que está sempre tudo bem a além do mais ajuda a não fazer com que eu reprima os meus sentimentos. Afinal, inteligência emocional é saber lidar com os seus sentimentos e não reprimi-los. 

Nesse artigo falamos um pouco sobre 5 hábitos que sugam a nossa energia e algumas dicas de como acabar com eles. 

Espero que vocês tenham gostado! Sucesso. 

MAIS CONTEÚDOS INCRÍVEIS PARA VOCÊ

LEIA TAMBÉM

Share this post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email