dicas de empreendedorismo - Escola de Skills

4 dicas de empreendedorismo que ninguém te fala

No artigo de hoje quero bater um papo contigo e te passar 4 dicas de empreendedorismo que ninguém te fala por aí, mas acontece. E se você quiser ouvir o artigo, só acessar nosso perfil no spotify e dar o play. Ao final do artigo também tem a gravação. 

Empreender é uma loucura diária e você precisa ter um emocional muito bem desenvolvido para não surtar. Mas calma lá, não se assuste, essa sensação de instabilidade é muito boa. 

E assim, é o que sempre digo e acredito que você já ouviu falar: quanto maior o desafio, maior a recompensa. 

No artigo de hoje quero bater um papo contigo e te passar 4 dicas de empreendedorismo que ninguém te fala por aí, mas acontece. E se você quiser ouvir o artigo, só acessar nosso perfil no spotify e dar o play. Ao final do artigo também tem a gravação. 

O momento atual do Brasil está fazendo com que milhares de brasileiros busquem empreender de alguma forma. O motivo é aquele que você com certeza ouvir falar: desemprego em massa. 

Entretanto, não é empreender por desespero que essa galera está buscando montar seu negócio próprio não. De acordo com uma pesquisa realizada pelo GEM (Global Entrepeneurship Monitor) 52 milhões de brasileiros estavam envolvidos em alguma atividade empreendedora em 2018. 

Um outro dado fornecido pela mesma pesquisa é que 2 em cada 5 brasileiros de idade entre 18 e 64 anos estavam à frente de uma atividade empreendedora ou com planos de abrir seu próprio negócio.

Além disso, a pesquisa revelou que 61,8% dos brasileiros que exerceram atividade empreendedora no país. E esses exerceram-a através de oportunidades. E isso é maravilhoso, pois percebemos que crise não é um fator que impede os brasileiros de buscarem e construírem seus negócios.

 

E aqui vou explicar bem rápido dois conceitos que você pode acabar se confundindo se ler por aí.

 

Empreender por oportunidade: Isso significa que você conseguiu identificar uma deficiência em algum segmento do mercado. E com isso teve a ideia de desenvolver algum produto ou serviço para sanar essa deficiência. Ou então, você percebeu um desejo muito grande por um público-alvo atraente e desenvolve um produto e/ou serviço para saciar esse desejo. 

Por outro lado, empreender por necessidade: Aqui não deixa de ser empreendedor, contudo, a diferença é que você empreende pelo simples motivo de precisar de uma grana para sobreviver. Imagina-se o cenário em que você ficou desempregado e por simples sobrevivência. A partir disso, você resolve montar um pequeno carrinho de cachorro-quente e vender na rua da sua casa. 

Percebe que nesse cenário que citei você não está empreendendo porque percebeu uma oportunidade no mercado. Mas sim porque precisa sobreviver, pagar suas contas. Logo, faturar uma grana vendendo cachorro-quente é a melhor opção agora. Geralmente, assim que surge uma oportunidade melhor de emprego ou de se realocar no ambiente empresarial, você para com o cachorro-quente e volta ao seu emprego rotineiro.

 

E claro, entre as duas opções, a primeira (empreender por oportunidade) é infinitamente melhor. E como a pesquisa mostrou, 61% de 52 milhões de brasileiros começaram a empreender em 2018 por oportunidade, e isso é ótimo. Isso mostra que cada vez mais as pessoas estão de olho no mercado buscando por maneiras de criar seu próprio negócio, sair do seu emprego tradicional e dar adeus aquele chefe chato.

Só que detalhe, empreender não é tarefa fácil, longe disso. Se você acha que vai largar o emprego de 8h por dia para empreender porque acha que sendo dono do próprio negócio vai trabalhar menos, pare por aqui. Acredite, por experiência própria não só minha, mas de milhares de big empreendedores. 

Você vai trabalhar muito mais que 8hrs diárias!

Mas calma, sem desespero, o lado bom de empreender, mudar e impactar vidas é recompensador demais. E para te ajudar, eu vou te passar agora 4 dicas de empreendedorismo. Com isso, você não será pego desprevenido. 

 

1° Dica do empreendedor: Jornada do empreendedor geralmente é solitária.

Não se assuste se você se sentir sozinho na maioria das vezes. É assim mesmo. Afinal, quem é o louco que vai largar o emprego para começar uma empresa que pode não dar certo. 

Quando você falar para as pessoas próximas de você que vai largar tudo para montar um negócio. Eu tenho certeza vão desmotivar você, vão te chamar de louco e vão até tentar te impedir. 

E Claro, nossa família não quer nosso mal, não quer ver a gente sofrendo. Mas muitas vezes é por isto que acabam tentando tirar essas ideias malucas da nossa cabeça. Entretanto, eles não podem impedir você, seja forte, e persista. É o seu sonho e eles irão entender.

 

2° Dica: Monte sua reserva de emergência.

Não é porque você quer empreender que precisa fazer tudo na loucura. O planejamento é importantíssimo, e se você não quer quebrar a cara, aconselho você montar uma reserva de emergência. 

Essa reserva é o valor do seu custo de vida mensal multiplicado por 12 meses, ou seja, 1 ano. É importante que você tenha essa reserva acumulada para ter foco total no seu negócio durante esse ano. 

Em apenas um ano não significa que seu negócio estará maduro o suficiente para criar escala. Então o recomendado é um ano, uma reserva de emergência de um ano, guarde-a e trabalhe com segurança no seu negócio.

 

3° Dica do empreendedor: Desenvolva inteligência emocional

Ser empreendedor é lidar com instabilidade todos os dias. Hoje a sua empresa pode vender muito, amanhã, as pessoas podem odiar tudo o que você construiu. Se você não lidar bem com isso, vai surtar. 

A partir do momento que você começar a empreender, o seu lado emocional será acionado a todo momento. E você ter ele bem desenvolvido, conseguir controlar, fará toda a diferença. 

Inteligência emocional é um assunto extremamente importante, não é atoa que temos uma categoria somente com artigos voltado a esse tema. 

Recomendo você dar uma olhada nos artigos que tem por lá.

Então esteja preparado para lidar com fortes emoções, é em momentos como esse que alguns empreendedores se destacam dos outros. 

 

4° Dica: Cuide de si para cuidar da sua empresa

Uma frase que vi com o Érico Rocha, empreendedor serial, e faz total sentido com o que vou te passar aqui: “Nenhum sucesso no empreendedorismo justifica um fracasso na saúde”. 

Não importa o quanto você trabalhe, o quanto importante é sua empresa e o que você precisa fazer nela. Se o seu corpo estiver doente, nada dará certo, nada irá funcionar. 

Em toda a sua agenda, é primordial você tirar um tempo para cuidar da sua saúde. 

Faça exercícios físicos, se alimentar bem, dormir bem e manter a cabeça em ordem. 

Nunca deixe de cuidar de si mesmo, porque assim será possível cuidar da sua empresa, dos seus clientes, dos seus funcionários e de todas as pessoas que precisam da sua atenção. 

Enfim, foram essas as 4 dicas de empreendedorismo do artigo de hoje. 

Tenho certeza que fazem todo sentido para você, e se você conhece um amigo ou familiar que está querendo empreender, mostra esse artigo para ele. 

E ah, e se você quer receber mais dicas de empreendedorismo, deixa um comentário para gente saber.

Desejo todo sucesso para você e a gente se vê no próximo artigo. 

MAIS CONTEÚDOS INCRÍVEIS PARA VOCÊ

LEIA TAMBÉM

Share this post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email