Aprenda como fazer a gestão do seu dinheiro. Chega de sufoco!

Opa, Fabiano por aqui, beleza? No artigo de hoje vou ajudar você a fazer a gestão do seu dinheiro e explicar algumas técnicas que se você aplicar, com certeza passará a sobrar dinheiro no seu orçamento ao invés de faltar.  Ah e uma coisa, caso você não tenha tempo de ler o artigo inteiro, no final dele tem um podcast que é a gravação na íntegra dele, só clicar e ouvir. Grande abraço!

Imagine a seguinte situação: você trabalha o mês inteiro, recebe seu salário e alguns dias depois tem a sensação de que seu dinheiro sumiu e sobrou apenas alguns centavos no bolso, mas detalhe: seu próximo salário está muito longe ainda. Acredite, milhares de pessoas sentem essa mesma sensação.

Não é de hoje que fazer a gestão do próprio dinheiro é uma tarefa considerada fácil, somos influenciados diretamente pelas mídias e redes sociais, o que nos faz gastar mais do que ganhamos e só descobrimos isso quando os boletos chegam na nossa casa.

Eu vou te contar agora uma história que eu aprendi cedo uma grande lição relacionada ao dinheiro. Logo que fiz 18 anos já fui atrás do banco para pedir um cartão de crédito, meus dois primeiros cartões foi na Caixa Econômica e no Banco Itaú, um tinha R$1.000,00 de limite e outro R$650,00 e lembro até hoje o dia que eles chegaram, eram lindos e eu ainda não tinha ideia de que se tornariam um pesadelo na minha vida. Naquela época eu não tinha noção nenhuma sobre gestão financeira e meu salário era quase todo para pagar cartão, justamente porque eu ia muito no embalo e comprava quase toda oferta que passava na minha frente. Alguns meses se passaram e eu fui mandado embora, e como funcionário, você nunca sabe quando será mandado embora, mas eu não ligava para isso, negócio mesmo era gastar. O próximo mês chegou, eu tinha dívida em 2 lojas de roupas, 2 cartões de crédito e um empréstimo, tudo isso com 18 anos e ganhando um salário de R$850,00 por mês, resultado final: inadimplência, nome sujo, milhões de ligação no celular e minha vida virando um caos absurdo. Essa história se encerrou quase 1 ano depois quando voltei a trabalhar, e comecei a procurar os credores a fim de negociar e ir quitando aos poucos essas dívidas.

Muitas pessoas só aprendem depois que quebram a cara, comigo foi assim e eu vou agora te ensinar 6 dicas para que você NÃO passe pelo que eu passei, evite dívidas e faça uma boa gestão do seu dinheiro.

1° Gastar menos do que ganha

É o famoso “começa pelo começo”. Nada adianta você querer que sobre dinheiro, mas suas contas são o dobro do que você ganha. É essencial você rever seus gastos, evitar os famosos gastos supérfluos, desnecessários e gastar somente com o que é necessário.

2° Economizar uma porcentagem para investir

Antes de qualquer coisa, você deve pagar a si mesmo. Reserva uma parte do seu salário (começa com 10%) e invista ele todo mês, faça chuva ou faça sol, assim que receber seu dinheiro, pegue esses 10% e já invista, não deixe para depois ou você irá gastar. Investir é importante, só assim você irá alcançar a sua liberdade financeira e não ficará dependendo 100% da aposentadoria do governo.

3° Saia das dívidas para não pagar juros

Aqui é um ponto muito importante que às vezes perdemos dinheiro e nem percebemos. Evite parcelar suas compras, pegar empréstimos, todas essas dívidas geram juros e quem paga é você. Já dizia Einstein: “Juros compostos é a 8° maravilha do mundo. Quem entende como ele funciona, o ganha. Quem não entende, paga.” Quando você parcela aquela compra em 5x, em sua grande maioria vem com alguns acréscimos nessas parcelas, nos empréstimos bancários a mesma coisa e quanto menor a parcela, maior é os juros, afinal, os bancos sempre saem ganhando nesses empréstimos. Os juros do cartão de crédito e cheque especial, no Brasil, são um dos maiores do mundo, lembre-se sempre: evite-os!

4° Evitar gastos desnecessários

Não diga que você não faz isso, porque tenho certeza que faz. Quantas vezes você foi ao mercado apenas para comprar pão e uma carne e voltou com cerveja, carvão, chocolate e salgadinhos? Quantas vezes você foi a uma loja para comprar uma camiseta e saiu com mais três camisas e outras duas calças? Isso não acontece somente com você, já passei por essa situação e acredite, é normal as pessoas fazerem compras por impulso, é nessa parte que as lojas se aproveitam para lucrar e fazer com que você se abarrote de dívidas, afinal, eles querem mesmo é que você pague juros. Sempre que ir ao mercado, faça uma lista e respeite-a, quando for comprar roupa, compre apenas o que precisa, mesmo, sem dar ao luxo de comprar mais coisas, caso contrário, só irá gastar ao invés de sobrar dinheiro.

5° Transforme custo variável em custo fixo

Todo mundo gosta de sair sexta depois do trabalho para tomar aquela cervejinha ou fazer um churrasco, o problema disso é que você não consegue prever quanto vai gastar e é aqui que você é surpreendido ao ver que gastou demais com essas bobeirinhas. Uma ideia importante é que você estipule um valor fixo para isso. Exemplo: “Vou reservar R$250,00 para gastos nos finais de semana”. Quando você gastar toda a sua reserva, não poderá mais sair e assim evitará de gastar a mais.

6° Estabeleça metas para alcançar seus objetivos

A ideia de investir o seu dinheiro não é exclusivamente para sua liberdade financeira. Você também pode estipular outras metas, como comprar um carro novo, trocar de casa ou fazer aquela viagem dos sonhos, e você não só pode, como deve fazer isso. Faça alguns cálculos, veja quanto é necessário investir todo mês até que consiga ter a quantia para adquirir o que deseja.

E essas foram as 6 dicas que podem e se você seguir, vão tirar você daquele sufoco do mês, deixando sua vida mais leve e completa e acredite, irá se sentir mais feliz quando perceber que toda sua vida está em ordem e com dinheiro sobrando.

Sucesso para você

MAIS CONTEÚDOS INCRÍVEIS PARA VOCÊ

LEIA TAMBÉM

Share this post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email